Quarta-feira, 9 de Agosto de 2006

No quotidiano...

No quotidiano das pessoas,

algo transcende o viver de cada um,

é o amor verdadeiro,

que só vivido por inteiro,

transforma duas almas num lugar comum:

No coração...

tags:
publicado por Paulo Cunha às 22:00
link | comentar | favorito
Domingo, 18 de Junho de 2006

Amo-te...

Amo-te, sob a luz do sol,

sob a luz da lua,

sob a luz das estrelas...

Sob a luz indefenível do amor,

eu sinto-me sempre e completamente teu...

Adoro-te e jamais poderia admitir a tua falta!...

tags:
publicado por Paulo Cunha às 21:28
link | comentar | favorito
Sábado, 13 de Maio de 2006

A solidão

A solidão traz saudade do beijo,

onde fico mais despido,

que um corpo vencido,

perdido em desejo.

tags:
publicado por Paulo Cunha às 19:50
link | comentar | favorito

Quero que saibas

Quero que saibas que sem ti não há lua,

nem as àrvores crescem,

os dias amanhecem,

entre as sombras da rua.

tags:
publicado por Paulo Cunha às 19:47
link | comentar | favorito
Domingo, 23 de Abril de 2006

Ao amor...

Ao amor cada qual se encontra exposto,

se o cupido a sua flecha lança,

quantas vezes ao sol quase exposto,

ainda que seja tarde nos alcança.

tags:
publicado por Paulo Cunha às 16:10
link | comentar | favorito
Sábado, 22 de Abril de 2006

O amor

O amor é o remédio,

para qualquer solidão,

o amor é uma brisa,

que acalma qualquer confusão.

tags:
publicado por Paulo Cunha às 15:12
link | comentar | favorito

Sinto, sinto...

Sinto o teu cheiro nos meus lençóis,

como o cheiro a rosmaninho,

sinto a falta dos teus beijos,

nesta angústia de estar sózinho.

tags:
publicado por Paulo Cunha às 15:10
link | comentar | favorito

Como pétalas

Como pétalas de rosas,

como a flôr do alecrim,

assim este amor cresce,

tão florido dentro de mim.

tags:
publicado por Paulo Cunha às 15:09
link | comentar | favorito

A vida passa

A vida passa,

nos dias rasgados,

passa a vida,

dos amores separados.

tags:
publicado por Paulo Cunha às 15:07
link | comentar | favorito

Quando dou por mim

Quando dou por mim perdido,

perdido nos meus pensamentos,

recordo os teus carinhos,

e todos os nossos momentos.

tags:
publicado por Paulo Cunha às 15:05
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. No quotidiano...

. Amo-te...

. A solidão

. Quero que saibas

. Ao amor...

. O amor

. Sinto, sinto...

. Como pétalas

. A vida passa

. Quando dou por mim

.arquivos

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds